top of page

ASSEMBLEIA DO SINDS-UFSJ APROVA CARAVANA PARA POSSE DO PRESIDENTE ELEITO



Entendendo a importância da defesa da democracia e da transparência e segurança do sistema eleitoral brasileiro, o Sinds-UFSJ aprovou, em assembleia realizada na última segunda (19), a contratação de um ônibus para a caravana de posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no dia 1 de janeiro de 2023.


A aprovação se deu por unanimidade entre os servidores que participaram da assembleia, sem manifestações contrárias.


Além do transporte, a assembleia aprovou também uma ajuda de custos para aqueles que participarem da caravana.


Conjuntura e situação orçamentária


A assembleia contou com a participação do reitor da UFSJ, Marcelo Pereira de Andrade, da presidenta da ADUFSJ - Seção Sindical, Jaqueline de Grammont, e do presidente do DCE/UFSJ, Lucas Ferreira da Silva para tratar da situação orçamentária da UFSJ.


O representante do DCE ressaltou a mobilização em defesa dos estudantes, os mais prejudicados com o contingenciamento e as incertezas no pagamento das bolsas, relembrando as diversas reuniões realizadas desde o anúncio do bloqueio até a efetivação do pagamento.


Segundo ele, a partir dessa mobilização a UFSJ estuda conceder um auxílio alimentação extraordinário para os alunos que vão permanecer nas cidades dos campi durante as férias acadêmicas, com o objetivo de garantir a segurança alimentar desses estudantes mesmo com o fechamento dos restaurantes universitários.


A presidenta da ADUFSJ, professora Jaqueline de Grammont, frisou as dificuldades de ação e mobilização das entidades frente às idas e vindas do governo com relação ao orçamento.


O reitor da UFSJ, Marcelo Pereira de Andrade, recapitulou as ações da reitoria diante dos últimos bloqueios orçamentários e afirmou que a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) já estava monitorando as práticas do governo federal com relação ao orçamento das IFES desde o resultado das eleições.


Com relação a situação da UFSJ, Marcelo informou que todos os compromissos da universidades empenhados até o dia 15 de dezembro estão quitados. A universidade aguarda liberação de recursos para cumprir com as obrigações restantes no mês.


Sobre o orçamento para o próximo ano, o reitor informou que o governo de transição garantiu que a verba necessária para os meses de janeiro e fevereiro estará disponível. Um desafio sinalizado pelo reitor é a liberação das notas do Sisu (Sistema Unificado), que está prevista para acontecer em fevereiro e deve causar atraso no início do semestre.


O coordenador-geral do Sinds-UFSJ, Joaquim Rodrigues da Costa, agradeceu a participação da reitoria, ADUFSJ e DCE na assembleia e reforçou a importância das entidades e de toda comunidade acadêmica se manter vigilante.


Em uma rápida avaliação de conjuntura, o coordenador do sindicato lamentou os atos golpistas que ocorreram em Brasília durante a diplomação do presidente eleito e sinalizou que no próximo ano o Sinds seguirá na luta pelo direito dos trabalhadores, especialmente, na luta pelo reajuste salarial e melhorias no plano de carreira dos servidores da educação.


Informes


A diretoria do sindicato repassou a base os seguintes informes: 1- Plenária da Fasubra, saiba mais aqui; 2- adoção do regime de trabalho de turno único, das 8h às 14h, no período entre os dias 2 de janeiro de 2023 e 28 de fevereiro de 2023, em razão das férias acadêmicas; 3- brindes de final de ano do Sinds-UFSJ disponíveis para retirada. Filiados lotados em São João del-Rei devem fazer a retirada na secretaria do sindicato, no Campus Santo Antônio (CSA). A partir do dia 2 de janeiro, o horário de funcionamento será das 8h às 14h.


Commenti


bottom of page