Representatividade feminina é garantida e reforçada pelo SINDS-UFSJ


Na mesa Ermita de Souza Santos Rodrigues (Coordenação Geral), Isabel Pacheco (Coordenação de Comunicação), Marina Silveira Resende (Coordenação de Saúde) e Cristiana Jorge (Coordenação de Aposentados e Pensionistas)

O SINDS-UFSJ reforça a representatividade feminina nas instâncias políticas e sindicais, espaços onde a presença masculina é, historicamente, majoritária.


A atual coordenação do SINDS-UFSJ é formada em sua maioria por mulheres, respeitando-se proporções estatísticas da população brasileira e os números de servidores sindicalizados.

Esta prática foi reafirmada durante a Assembleia Geral desta quarta-feira, 20, conduzida totalmente por Mulheres.


A força, a opinião e as ações femininas garantem ao SINDS-UFSJ características que são essenciais para um sindicato: autonomia, liberdade e diálogo.





Assessoria de Comunicação SINDS-UFSJ

20/03/2019