SINDS-UFSJ APRESENTA PLANO PARA REESTRUTURAÇÃO DO ESTATUTO E CRIA COMISSÕES DE TRANSIÇÃO


Na manhã desta quinta (12) o Sinds-UFSJ promoveu uma assembleia em que os sindicalizados aprovaram o cronograma e o plano de trabalho da comissão de reestruturação do estatuto do sindicato. Eles também criaram as comissões de transição da gestão do Sinds-UFSJ, que vão tratar de assuntos como o acompanhamento do retorno gradual às atividades presenciais na UFSJ e a integração do ponto Sigrh da UFSJ ao SisREF, sistema de controle de frequência dos servidores públicos federais.


Informes


Logo no início da reunião, os sindicalizados foram informados que a diretoria do Sinds-UFSJ havia encaminhado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Prope) um questionamento sobre a falta de representatividade técnica nas discussões e deliberações sobre a Pós-Graduação na instituição e chegou a receber uma resposta, que foi considerada insuficiente para atender as demandas da categoria. Diante disso, a discussão será apresentada na próxima reunião do Conselho Universitário (Consu).


Além disso, a base sindical foi informada também de que está em andamento o processo para realização da auditoria da sinistralidade do contrato dos sindicalizados do Sinds-UFSJ com a Unimed. Uma corretora que presta esse serviço já foi consultada e sua proposta de trabalho será encaminhada aos servidores. Após isso, será convocada uma assembleia com os sindicalizados usuários do plano de saúde para deliberar sobre a contratação ou não da empresa.


Em suma, a proposta é que a corretora analise o relatório enviado pela Unimed e gere novos relatórios, apontando possíveis duplicidades de cobrança de procedimentos, preços que não batem com o mercado atua, dentre outros problemas e outros.


Reestruturação do Estatuto


Durante a assembleia, os sindicalizados aprovaram também o calendário e o plano de trabalho da comissão que atua na reestruturação do estatuto do Sinds-UFSJ. Além disso, foi feito o convite para que novos membros integrem a comissão.


A comissão informou que o processo de reestruturação do estatuto já está em andamento, levando em consideração algumas referências de estatutos de outros sindicatos e as especificidades do Sinds-UFSJ.


No final desse processo o documento ainda vai passar por uma consultoria jurídica e, antes de ser colocado em vigor, precisará ser aprovado em assembleia estatuinte.


A comissão informou que a principal mudança em relação ao atual estatuto será na composição das chapas e coordenadorias necessárias para disputar uma eleição e assumir a diretoria executiva do sindicato. A previsão é de que número mínimo de pessoas necessárias para apresentação de uma chapa diminua.


Segundo o calendário apresentado em assembleia, que pode ser prorrogado em caso de necessidade, a votação do novo estatuto em assembleia deve ocorrer na última semana do mês de outubro.


Comissões de Transição


Estão abertas as inscrições de chapas para a eleição da nova diretoria executiva do Sinds-UFSJ. O calendário eleitoral prevê que a votação ocorra no dia 20 de setembro de 2021 e a nova diretoria seja empossada no início do mês de novembro.


Para auxiliar no processo de transição entre as gestões, foram formadas em assembleia duas comissões para acompanhar assuntos que impactam diretamente a vida e o trabalho dos servidores técnicos-administrativos da UFSJ, sendo eles o retorno gradual às atividades presenciais na universidade e as reuniões com a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progp) sobre a integração do ponto Sigrh da UFSJ ao SisREF, sistema de controle de frequência dos servidores públicos federais.


Com relação a esse último ponto, além de formar a comissão, os sindicalizados aprovaram que seja encaminhado à Progp um ofício solicitando uma audiência pública para tratar da integração desses sistemas.


Na pauta da assembleia também estava prevista a formação de uma comissão de mobilização política, no entanto, não houve adesão dos sindicalizados presentes na reunião a essa comissão. Interessados em compor a comissão de mobilização do Sinds-UFSJ podem se manifestar pelo e-mail sinds-ufsj@ufsj.edu.br.


Com a não formação da comissão de mobilização política, o Sinds-UFSJ não votou a chamada para a Greve Geral que irá acontecer no dia 18 de agosto com a PEC da Reforma Administrativa.