COM ADESÃO DE 20% DA BASE, CAMPANHA DO SINDS-UFSJ JÁ CONTEMPLOU 10 PROJETOS DE 5 MUNICÍPIOS COM R$ 12,8 MIL NA PANDEMIA

Desde o fim de março, quando a pandemia da Covid-19 começava a assolar o Brasil, o Sindicato dos Servidores da Universidade Federal de São João del-Rei (Sinds UFSJ), através de um Comitê Temporário Gestor de Crise, vem fomentando mecanismos de ação social para combater os impactos do coronavírus, nas cidades onde a UFSJ atua. Após o lançamento da campanha para formação de um fundo solidário, mantido pela doação de 0,5% do salário dos sindicalizados durante três meses, foi publicado um edital de fomento que premiou dez projetos em quatro cidades: São João del -Rei, Barroso, Divinópolis e Conselheiro Lafaiete.

Uma multiplicidade de beneficiários, entre pessoas físicas, ONG’s, entidades sociais e filantrópicas foram diretamente beneficiadas. Fornecimento de EPI’s, Kit’s de Higiene, Doação de Cestas Básicas e outros alimentos, produção de máscaras, compuseram a gama de propostas apresentadas, com o objetivo de assistir aos mais vulneráveis durante a crise sanitária. No último dia 10 de junho, os contemplados receberam a terceira e última parcela, referente ao edital de fomento 001/2020, no valor de R$ 400.

Agricultura Familiar

Rafael Santos Silva é servidor e sindicalizado, e seu projeto foi um dos contemplados. “Eu acho muito importante o sindicato fazer parte desse momento. É um ato político, quando se busca criar vínculos com outras entidades, buscando auxiliar as pessoas em situação de vulnerabilidade em meio a pandemia” pontuou.

O projeto: “Comida de verdade: gerando trabalho e renda e promovendo hábitos alimentares saudáveis” é coordenado pelo professor Marcio Carneiro dos Reis, do projeto de extensão da UFSJ “Diálogo de Saberes”, e pelo servidor Rafael Santos. A ação intermediou a compra de cestas de verduras, frutas, legumes e outros alimentos com descontos dos produtores da Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares Agroecológicos de São João del-Rei (AAFAS). As cestas adquiridas foram doadas às famílias da Associação dos Catadores de Material Reciclável de São João del-Rei (ASCAS).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“O objetivo é levar qualidade de alimento, saúde, vitaminas, entre outros extremamente necessários. Isso tudo através de alimentos que são produzidos na agricultura familiar, possibilitando fortalecer duas frentes na cidade e na região, e que beneficiam diretamente à várias famílias”, esclareceu Santos.

Richardsom Miranda Machado também teve seu projeto aprovado. A ação desenvolvida em Divinópolis conta com a parceria do Programa de Educação Tutorial (PET) "Da Loucura a Ciência", da Universidade Federal de São João Del Rei - Campus Centro Oeste Dona Lindu, e da ONG Espírita Kardecista Irmão José Grosso. A ação beneficiou mais de 70 pessoas em situação de rua na cidade.

Miranda, explica como foram empregados os recursos do financiamento solidário. “Com esse recurso foi possível comprar alimentos, álcool em gel e máscaras. Nós saímos a noite e fizemos a abordagem dessas pessoas em situação de rua, visando oferecer alimentos, kits de higiene. Nós também aproveitamos para fazermos um cadastro dessas pessoas, para direcioná-las aos abrigos e centros de atenção social e psicossocial da cidade”, pontuou o sindicalizado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apoio a entidades

No último sábado (27), foram entregues 35 cestas básicas distribuídas para três entidades sociais. As cestas foram obtidas através da parceria com a central sindical do Sinds UFSJ, a FASUBRA. Com a ação, foi possível beneficiar a ONG Nova Geração Brasil, o Fórum de Mulheres das Vertentes e o Quilombo do Palmital. As cestas foram adquiridas com o valor da mensalidade sindical que é destinada a central sindical.

Duas dessas entidades, a ONG Nova Geração Brasil e o Fórum de Mulheres das Vertentes já haviam sido beneficiadas no mês de maio, com aporte de recursos do Sinds UFSJ para compra de cestas básicas e insumos. Os representantes de cada movimento, reforçaram que essa nova ajuda, veio em bom momento.

“Estamos alimentando 309 famílias, que buscam diariamente alimentos conosco de 11h a 12h, e na parte da tarde eles buscam os pães que fabricamos lá na nossa sede. (...) Essas cestas chegam pra gente em um momento muito difícil, pois em maio recebemos muitas cestas, mas em junho as doações caíram. Então por isso, nós agradecemos ao Sinds e a FASUBRA por essa parceria” declara Samuel Van de Raa, presidente da ONG Nova Geração Brasil.

Cleo Moutinho, representante do Fórum de Mulheres das Vertentes, também reforçou a importância da ação e agradeceu pelo apoio. “O Fórum de Mulheres fica muito agradecido ao Sinds por essa ação. Nós já conseguimos atender mais de 70 famílias, mas infelizmente, cerca de 60 outras ainda aguardam na lista de espera, e essa doação que recebemos hoje, veio num momento muito importante, pois irá ajudar muitas dessas famílias” reforça a ativista.

Papel das entidades sindicais

O coordenador geral do Sinds UFSJ, Denilson Ronan de Carvalho, fez um balanço positivo das atividades sindicais solidárias desenvolvidas neste trimestre pandêmico. Carvalho, destacou o alcance da campanha, em relação aos doadores e também aos beneficiados. Ele pontuou ainda, que para além dessas atividades, outras como, os debates online, transmitidos ao vivo em parceria com a ADUFSJ e iniciativas como o curso virtual de Step da Professora, técnica e sindicalizada, Telma Freitas, reforçaram a multiplicidade de abrangência e alcance das ações.

“Isso mostra que o sindicato atua para além das nossas lutas de categoria, que são nossa razão de existir, mas buscamos também, promover outras ações voltadas a aspectos que nos circundam. Nós estamos preocupados com o país e nossa cidade, e acho que fomos felizes nessa propositiva”, pontuou Denilson.

Ele reforçou ainda o papel dos sindicalizados. “Nada disso seria possível sem a colaboração desses 149 técnicos que doaram 0,5% dos seus salários. Parece pouco, mas quando atinge a quem precisa, se torna muito”, ressaltou.

Ao abordar as metas futuras, Denílson destaca que o grupo pretende manter as ações e lançar nova campanha. “A nossa expectativa para os próximos três meses - e enquanto durar a pandemia - é manter o nosso comitê extremamente atuante, buscando ampliar inclusive as possibilidades de arrecadar recurso. Para isso estamos trabalhando em uma nova campanha, de renovação desse 0,5% e contamos com a adesão de novas pessoas, já que temos uma base de quase 700 filiados. Isso ia ser muito bacana!”, concluiu o dirigente sindical.

Balanço das ações

Em números, nos últimos três meses, 149 sindicalizados contribuíram com a campanha. Uma adesão de 20% da base da entidade. Foram contemplados 10 projetos que beneficiaram diversas pessoas e instituições. Foram arrecadados e destinados R$ 12.854,83, que beneficiaram direta e indiretamente mais de mil e quinhentas pessoas em cinco cidades. Para conhecer cada projeto, a execução, prestação de contas e os beneficiados acesse o relatório de balanço das ações no documento abaixo.

Untitled-1.jpg
WhatsApp Image 2020-06-15 at 10.54.26.jp
IMG_0142.JPG
IMG_0164.JPG
IMG_0167.JPG

Relatório de ações realizadas

Planilha Financeira