SINDS-UFSJ deflagra GREVE por tempo indeterminado a partir do dia 8 de junho

 

Na terça-feira, dia 2 de junho, o Sindicato dos Servidores da UFSJ (SINDS-UFSJ) protocolou ofício na Reitoria da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) informando que a partir do dia 08/6, segunda-feira, seria deflagrada greve da categoria. 

Em assembleia extraordinária do sindicato, realizada no dia 19 de maio de 2015, foi deliberada a adesão do sindicato ao movimento nacional de greve das universidades federais, convocado pela Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras – Fasubra. 

Foi realizada hoje (9) a primeira Assembleia Geral após a deflagração de greve, sendo constatado cerca de 80% de adesão dos servidores, incluindo alguns cargos de chefia. Todos os setores da universidade foram impactados, destacando DICON (Divisão de Acompanhamento e Controle Acadêmico), SETEC (Setor de Tecnologia Informacional e Educacional), Laboratórios, Setor de Patrimônio, DIFIN (Divisão de Contabilidade e Finanças), entre outros, podendo inclusive ocorrer atrasos nos pagamentos de bolsas, de contratos de firmas etc. 

Os servidores reivindicam Data Base, reposição da inflação de 2011 à 2016 no índice de 27,3%, reestruturação da carreira, fim da terceirização e maior investimento do governo na educação. 

A próxima mobilização do SINDS-UFSJ será realizado no dia 11 de junho às 18 horas no Campus Dom Bosco para divulgação e conscientização da greve para a comunidade acadêmica.